Definida a data da Conferência Municipal

Foi definida na noite de hoje, a data de 14 de Junho de 2013 para realização da Conferência Municipal de Educação.Na Conferência, que ocorrerá durante todo o dia, serão formados Grupos de Trabalho para realizar a convergência das emendas sugeridas nas Conferências Livres ocorridas nas Instituições de Ensino do Município.

O local ainda permanece indefinido e será informado em breve!

Palestra Pública Marca início oficial dos debates nas Conferências Livres

Conforme previsto, aconteceu na noite de 03 de Maio de 2013, no auditório a Igreja de Deus, no município de Marechal Cândido Rondon, palestra pública ministrada pelo professor Flávio Vendelino Scherer.

Com a presença de aproximadamente quinhentos ouvintes, dentre os quais, professores e alunos das escolas municipais e estaduais do Município, professores e alunos do campus local da Unioeste, a palestra representou o início oficial dos debates nas Conferências Livres que acontecem durante todo o mês de maio 2013 nas instituições de ensino, tanto públicas quanto da iniciativa privada, quanto nas demais representações sociais de Marechal Cândido Rondon, num esforço coletivo de revisar o que foi discutido, proposto e implementado pelos Governos Federal, Estadual e Municipal a partir da CONAE I, ocorrida em 2010. A conferência municipal acontecerá no dia 14 de Junho de 2013.

O evento, coordenado pela Secretaria Municipal de Educação e pela Comissão organizadora da CONAE municipal, contou também com a presença da Administração do município, então representada pela primeira-dama e secretária de Assistência Social, Maria Cleonice Froehlich.

Como igualmente previsto, o professor Flávio Vendelino Scherer reuniu-se com a comissão organizadora uma hora antes da palestra no intuito de discutir e colaborar nos encaminhamentos da Conferência Municipal.

Participação do CA de Letras da Unioeste Marechal Cândido Rondon na CONAE 2014

Em ofício encaminhado para os colegiados de cursos no início do mês de maio, o Centro Acadêmico do curso de Letras da Unioeste em Marechal Cândido Rondon, assumiu oficialmente sua participação no movimento que discute o Plano Nacional de Educação a partir da CONAE 2014 cuja realização em instância municipal está prevista para os meses de maio e junho de 2013, e, especificamente, a respeito da Conferência Livre que acontecerá no campus local, no dia 21 de Maio, após considerar a importância histórica dos objetivos da CONAE, julgou importante dirigir à Comissão Organizadora da CONAE Municipal a sugestão para convocação do Conselho de Entidades de Base da Unioeste, campus local, com o objetivo de que:

manifesto DCE.cleanbackg

Reunião com a Direção do Campus e Conselhos de Centro

Aconteceu nesta tarde de terça-feira reunião com a Direção do Campus de Marechal Cândido Rondon e representantes dos Conselhos de Centro. Após esclarecimentos sobre todos os detalhes do processo de viabilização da Conae Municipal, foi definida a data de 21 de Maio de 2013 para a realização da Conferência Livre onde serão debatidos os 7 (sete) eixos temáticos predefinidos.

Da esquerda para a direita: professores Paulo Kolling, Gustavo André Borges, Clarice Lottermann, Terezinha Correa Lindino e Márica Sipavicius Seide

Da esquerda para a direita: professores Paulo Kolling, Gustavo André Borges, Clarice Lottermann, Terezinha Correa Lindino e Márica Sipavicius Seide

Serão formados Grupos de Trabalho, um para cada eixo, a serem coordenados pela equipe cujos nomes foram indicados nessa reunião, dentre os quais, alguns dependem de aceite para confirmação:

–>GT1-Eixo I: O Plano Nacional de Educação e o Sistema Nacional de Educação: organização e regulação. Coordenação: Professoras Terezinha Correa Lindino e Vanda Moreira Martins;

–>GT2-Eixo II: Educação e diversidade: justiça social, inclusão e direitos humanos. Coordenação: Professores Marcos Luis Ehrhardt e Gustavo André Borges;

–>GT3-Eixo III: Educação, trabalho e desenvolvimento sustentável: cultura, ciência, tecnologia, saúde, meio ambiente. Coordenação: Professores Wilson João Zonin e José Carlos Mendes (Spock);

–>GT4-Eixo IV: Qualidade da Educação: democratização do acesso, permanência, avaliação, condições de participação e aprendizagem. Coordenação: Professoras Clarice Lottermann e Carmem Elisa Henn Brandl;

–>GT5-Eixo V: Gestão Democrática, Participação Popular e Controle Social. Coordenação: Professores Paulo Kolling, Davi Félix Schreiner e Diretores de Centro;

–>GT6-Eixo VI: Valorização dos Profissionais da Educação: formação, remuneração, carreira e condições de trabalho. Coordenação: Professores Antonio Bosi e Aparecida Darc de Souza;

–>GT7-Eixo VII: Financiamento da Educação: gestão, transparência e controle social dos recursos. Coordenação: Professores Juarez Bortolanza e José Angelo Nicácio.

Da esquerda para a direita: Professoes Gustavo André Borges, Clarice Lottermann, Terezinha Correa Lindino, Márcia Sipavicius Seide, Davi Félix Schreiner, Vanda Moreira Martins, Ivonete Pereira e .....

Da esquerda para a direita: Professoes Gustavo André Borges, Clarice Lottermann, Terezinha Correa Lindino, Márcia Sipavicius Seide, Davi Félix Schreiner, Vanda Moreira Martins, Ivonete Pereira e …..

A Conferência é aberta a toda comunidade acadêmica, todavia, definiu-se pela convocação para representação mínima: 2 (dois) professores de cada Colegiado de Curso; 2 (dois) funcionários; Pelo menos 1 (um) aluno indicado pelos CA´s, para cada GT.

Cada GT deverá ter, além dos coordenadores, um relator a ser escolhido no início dos trabalhos para registrar as emendas debatidas e sugeridas pelo grupo e relata-las no plenário para registro final a ser realizado pelos Relatores Gerais (Professora Rita Maria Decarli Bottega e nomes a serem ainda definidos).

Ficou acordado que o Contato com o DCE (Diretório Central dos Estudantes) será realizado pela Professora Ivonete Pereira, assessora pedagógica do Campus de Marechal Cândido Rondon.

Estiveram presentes na reunião os seguintes representantes:

Paulo Kolling (diretor do Campus); Rita Maria Decarli Bottega (coordenadora do NUFOPE Local); Clarice Lottermann (CCHEL); Gustavo André Borges (CCHEL); Marcos Luis Ehrhardt ( História); Vanda Moreira Martins (Geografia); Carmem Elisa Henn Brandl (Educação Física); Juarez Bortolanza (CCSA); Ivonete Pereira (assessora Pedagógica do Campus/História); Márcia Sipavicius Seide (Letras); Davi Félix Schreiner; Nardel Luiz Soares da Silva (Agronomia); Maria do Carmo Lana (Agronomia).

 

 

Documentos para estudo enviados pela SMED

Recebidos documentos enviados hoje, por e-mail, pela Secretaria Municipal de Educação. Trata-se do Texto Orientador que já havíamos levado em mãos na primeira reunião, com exceção da “Apresentação” que é a impressão em pdf de um conjunto de Slides preparados com base nas Instruções para a CONAE Municipal, documento base já compartilhado, e do “Regimento interno” que é a versão Estadual. Valeria a pena dar uma olhada também neste último, por motivos óbvios.

Informe geral sobre a data de 29 de Maio prevista para a Conferência Municipal

Em conversa telefônica com a professora Lisete, da SMED, soube agora pela manhã que a Secretaria Municipal fará hoje a divulgação através da imprensa indicando o dia 29 de Maio 2013 como data oficial de realização da Conferência Municipal. A matéria já estaria pronta.

Em nova conversa por telefone, também nesta manhã, argumentei com a profa. Lisete que de acordo com o cronograma oficial divulgado pelo Governo do Estado do PR, os municípios teriam até o dia 30 de Junho de 2013 para realizar as Conferências municipais e que, na primeira reunião da Comissão Organizadora, no dia 18 último, essa data não ficou definitivamente firmada, permanecendo aberta com possibilidade de que a CONAE Municipal pudesse ser realizada durante o mês de Junho, garantindo-se mais tempo para as Conferências Livres.

A profa. Lisete informou que conversou com a profa. Marta e que isto poderia ser revisto. Solicitei para que se anunciarem uma data, que o façam frisando que não é ainda definitiva.

Calendário Geral – Atualizando informações

Atualizando informações:

I – Calendário Geral:
A CONAE II, em nível Federal, acontecerá em Fevereiro de 2014;

1. As Os municípios tem até 30 de Junho de 2013 como data final para a realização das Conferências Municipais e intermunicipais (e não até 30 de Maio, como pretende a Secretaria de Educação do Município de Marechal Candido Rondon);

2. Os Municípios terão até 05 de Julho de 2013 para enviar as Emendas para a Comissão de Monitoramento e Sistematização;

3. A CONAE Estadual acontecerá na primeira quinzena de Setembro 2013;

4. A CONAE 2014, em Brasília, acontecerá entre 17 e 21 de Fevereiro de 2014.

Cronograma Específico (a partir do que já foi definido pela Secretaria Municipal de Educação, em diálogo com os representantes):

—>11-04-2013 – Primeira Reunião com a Comissão que representa os diferentes segmentos da sociedade no Município. -> Já ocorreu;

—>23-04-2013 – Segunda Reunião a partir de Convocação de Diretores de Escolas Municipais e Estaduais(a partir do Núcleo de Educação do Estado no Município e da Secretaria Municipal de Educação) -> Já ocorreu.

—>03-05-2013 – às 18:30h – Reunião da Comissão Organizadora da CONAE municipal, com o prof. Flávio Scherer; – Local: Igreja de Deus.

—>03-05-2013 – às 19:30h – Palestra do Prof. Flávio Scherer sobre os 7 (sete) eixos temáticos a serem debatidos – Local: Igreja de Deus.

—>08-05-2013 – Entrega à Secretaria Municipal de Educação, de Cronograma dos debates nas/pelas Instituições de Ensino;

—>29-05-2013 – CONAE Municipal -> Local a ser definido.

II – Objetivos:
Discutir os 7 (sete) eixos temáticos que compõem o Documento Referência para a CONAE 2014 para sugerir emendas:
—>1. Aditivas: quando acrescentam um termo ou parte, complementando o texto do parágrafo ou quando elabora uma nova proposta ao Documento-Referência;
—>2. Supressivas: (parciais ou totais) –quando é proposta a supressão de uma parte ou de todo o parágrafo;
—>3. Substitutivas: quando substitui um termo ou parte do parágrafo.
Como pode ser observado, é um trabalho para ser feito com algum tempo para leitura, compreensão, debate e composição de emendas, se necessário, diante de tudo o que já foi “construído” a partir do Plano Nacional de Educação e da CONAE I, descrito no Documento Referência para a CONAE 2014.

Documentos colocados no Blog

Reunião com Direção do Nufope, na Unioeste.

Aconteceu na tarde de hoje reunião em que pude informar à direção do Nufope local, representado por sua Coordenadora, a profa. Dra. Rita Maria Decarli Bottega. Convidadas, estiverem também presentes a professora Dra. Ivonete Pereira, assessora pedagógica do Campus de Marechal Cândido Rondon, e a Profa. Dra. Terezinha Correa Lindino, especialista em Políticas Públicas, vinculada à área de de Fundamentos da Educação (CCHEL) e que, em conjunto com a profa. Rita Bottega, é responsável pelo Grupo de Estudo e Pesquisas em Formação de Professores (GEPEFOP).
Nessa reunião foram acordados encaminhamentos junto à direção do Campus visando convocar reunião com repesentantes de todos os Centros, para o dia 30 de Abril 2013.

Da esquerda para a direita, professores Osnir Pereira Barbosa, Terezinha Correa Lindino, Ivonete Pereira e Rita Maria de Carli Bottega

Da esquerda para a direita, professores Osnir Pereira Barbosa, Terezinha Correa Lindino, Ivonete Pereira e Rita Maria de Carli Bottega

Reunião da SMED com Diretores de Escolas Municipais e Estaduais

Aconteceu na tarde de hoje, às 14:00 horas na prefeitura do Município a reunião já prevista com diretores das Escolas, visando a mobilização para as conferências livres nas Instituições. Foram convocados Diretores de todas as escolas Municipais e Estaduais. Todas estiveram representadas.

Dessa reunião foram tiradas algumas definições importantes para a Conferência Municipal:

1.Ficaram definidas as datas de 3 de maio, para a palestra com o prof. Flávio Scherer, às 19:30, na Igreja de Deus;

2.No mesmo dia, às 18:30h (uma hora antes da palestra) o prof. Flávio Scherer se encontrará com a comissão para encaminhamentos;

3.foi definidia a data de 08/05/2013 para entregar à Secretaria do Município o cronograma com as datas escolhidas pelas escolas/Instituições para acontecerem as Conferências Livres. O tempo escoa rápido e nos pressiona. Ainda sobre a palestra, o prof. Flávio Scherer teria informado que versará sobre os 7 (sete) eixos, mas, seguindo orientação (?) do MEC, dará ênfase em apenas 2 ou 3 (?);

Para essa palestra com o prof. Flávio Scherer, existindo consenso de que devemos nos mobilizar, mais professores e alunos devem ser incentivados a ir.

Formada Comissão Municipal – Primeira Reunião

Realizada, na tarde desta quinta-feira, no auditório da Prefeitura Municipal de Marechal Cândido Rondon-PR, a primeira reunião da comissão que irá realizar a Conferência Municipal de Educação visando as Conferência Nacional, a II CONAE 2014. Sob a coordenação da Secretaria Municipal de Educação, foram debatidos e definidos critérios para a ralização das Conferências Livres pelas instituições de ensino e demais representadas.

Para representar o campus de Marechal Cândido Rondon, foram indicados (conforme solicitação da SMED) um profissional e um discente: O professor Osnir Pereira Barbosa, vinculado à área de Fundamentos da Educação (CCHEL) e a aluna Luciana Bonfim, acadêmica do 4º ano de Letras e ex-membro do CA. contou com a participação de outros representantes das esferas municipal e estadual de Educação, além de professores, diretores e também representantes de outras instituições sociais, como prevê o Texto orientador da CONAE para 2014, preparado pelo Governo do Estado do PR neste mês de março último.

Trata-se de iniciativa do Governo Federal que visa discutir a Educação e formular (?) a Política de Educação Nacional cujo documento referencial deverá sair da Conferência Nacional em 2014, a partir de etapas preparatórias que compreendem conferências livres, municipais e/ou intermunicipais, estaduais, e também do Distrito Federal, as quais deveriam ocorrer entre 2012 e 2013 (conforme Regimento CONAE 2014, pg. 3).

No caso dos municípios paranaenses, o Governo do Estado do PR liberou o documento orientador somente agora e aguarda o resultado das discussões até o mês de Junho 2013, o que dificulta discussões profundas sobre os 7 (sete) Eixos temáticos propostos para a Conferência Nacional, sobretudo pela necessidade de que todas as esferas sociais tenham conhecimento do que ocorreu e que já foi previamente definido na primeira Conferência (CONAE I), para, daquele ponto em diante, debater e enviar ao Governo do Estado um documento “amadurecido” sobre os princípios comuns de atendimento às necessidades de toda a sociedade paranaense, e no final, de todo o país.

Nessa reunião da qual participamos, Luciana e eu, saíram as seguintes definições:

1. Acontecerá no dia 23 de Abril, reunião com diretores das escolas estaduais, às 14:00 horas, para que todos estejam inteirados de que deverão incentivar e dar suporte às conferências Livres que acontecerão nas escolas/Instituições, à “toque-de-caixa”,para que até o dia 29 de maio (previsão inicial) possa ser realizada a CONAE municipal;

2. Acontecerá até o dia 3 de Maio (data estimada) uma palestra realizada pelo prof. Flávio Scherer, que foi convidado a falar sobre os 7 (sete) eixos temáticos da CONAE e sobre o que já foi discutido e estabelecido a partir da Primeira Conferência;

3. Entre a data dessa palestra/Debate com o prof. Flávio Scherer, até o dia 29 de Maio de 2013 (data estimada), as instituições de Ensino e demais representações citadas no Texto Orientador da CONAE 2014, deverão debater internamente e sugerir formalmente, a partir desses 7 (eixos) temáticos, propostas para implementação da Política Nacional de Educação que serão levados para a CONAE Estadual e depois para a FEDERAL (casos mantidas!);

4. Acontecerá no dia 29 de Maio (data estimada) a Conferência Municipal, sob a “batuta” da Secretaria de Educação do Município, definindo-se o conjunto de sugestões para o Debate em Curitiba, na CONAE Estadual.

Neste ponto, antes da reunião do dia 29 de Maio, entra (além da representação na comissão que realiza a CONAE Municipal) o que precisamos fazer: Deflagrar um debate na Unioeste ao redor dos 7 (sete) eixos temáticos para tentar obter propostas para a Política Nacional de Educação.

Muita gente, não sem razão, questionará sobre o valor disto tudo, dada a aparência de simulacro de democracia que isto apresenta, principalmente por conta da “desmobilização” que a urgência das datas impõe diante do grande número de coisas cotidianas a fazer.

Que atitude tomar diante dessa urgência toda? Mesmo considerando que poderíamos não fazer nada, em protesto documentado ao Governo do Estado diante desta forma de condução democrática ditada pelo “tic-tac” do relógio, talvez este possa ser também um momento de incentivo à politização, discutindo o assunto e tentando formular um conjunto de emendas.

No mínimo precisaríamos de mais tempo para um debate sério e consistente, além da garantia de que no final tudo não fosse substituído por um documento elaborado por qualquer iniciativa política unilateral, como foi como a LDB 9394/96, solapando descaradamente iniciativas democráticas, deixando-nos com o gosto amargo do ludíbrio e da zombaria, em todo caso…